sábado, 1 de dezembro de 2018

Jornais da Bahia, Jornais Online estado da Bahia, Jornais Baianos ... no Painel do Coronel Paim

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Jornais da Bahia, Jornais Online estado da Bahia, Jornais Baianos ... no Painel do Coronel Paim

domingo, 4 de novembro de 2018

JORNAIS DA BAHIA

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Festival de Inverno Bahia: Skank e Jota Quest são confirmados para 13ª edição

Skank e Jota Quest são confirmados no FIB 2017 (Foto: Divulgação / Arte)

Ingressos continuam com preço de 1º lote e condições especiais. Evento já confirmou atrações como Tiago Iorc, Ivete Sangalo, O Rappa e cantora Anitta. 

 

Festival de Inverno Bahia(FIB) anunciou mais duas atrações da festa que será realizada nos dias 25, 26 e 27 de agosto no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. São as bandas Skank e Jota Quest que se apresentam, respectivamente, na sexta-feira (25) e no sábado (26). Eles se juntam a grade de atrações do Palco Principal que terá shows de Anitta, Ivete Sangalo, Raimundos, O Rappa, Tiago Iorc e Humberto Gessinger. Outras atrações ainda serão reveladas.
Com mais de 20 anos de estrada, a banda mineira Skank estará pela terceira vez no FIB. Para a edição 2017, o grupo vai apresentar canções do álbum “Velocia”, primeiro disco de músicas inéditas do Skank em mais de seis anos.
Já o Jota Quest vai levar para o público o pop rock que domina a carreira da banda com mais de cinco milhões de cópias vendidas e mais de três mil shows realizados. O grupo segue com a formação original desde quando surgiu, na primeira metade dos anos 90.

FIB lança loja oficial (Foto: Divulgação / Rômulo Ribas  )

Loja Oficial

Com a grade se desenhando, o público já pode se organizar e garantir os ingressos para a 13ª edição do FIB que continuam com o preço de lançamento e condições especiais e podem ser adquiridos na Loja Oficial, outros pontos de venda e internet. Nesta terça (4), o Shopping Conquista Sul ganha uma Loja Oficial do Festival de Inverno Bahia (FIB). Com design conceitual, o espaço está localizado no térreo do shopping e funciona das 10h às 22h, de segunda-feira a sábado, e 14h às 20h aos domingos e feriados.

 

Estrutura

Em 2017, a festa terá uma estrutura completamente renovada: palco em nova posição, a pista Arena terá estrutura revitalizada, os espaços serão mais atrativos e vai haver uma oferta maior de food trucks. Além do Camarote Vip, um dos espaços queridinhos do público, o FIB 2017 terá o Open Prime, camarote open bar com serviços exclusivos, descontração e direito a whisky, vodka, cerveja, refrigerante e água.
A produção do Festival de Inverno Bahia é assinada pela Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia, em parceria com a TV Sudoeste.


Postado por: Giovana M. de Araújo

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

        Salvador

Crônica: o que o Senhor do Bonfim viu ao descer a Colina Sagrada

Após mais de dois séculos, a imagem do Senhor do Bonfim foi carregada pelos fiéis durante cortejo
Saulo Miguez (saulo.miguez@redebahia.com.br)
Atualizado em 12/01/2017 20:01:56
Após mais de dois séculos, o Cristo baiano deixou o altar na Colina Sagrada e foi conhecer esse povo que tanto o reverencia. Senhor do Bonfim, Oxalá no Candomblé, percorreu os oito quilômetros que ligam a Igreja da Conceição da Praia, no bairro do Comércio, até a casa dele, a Igreja do Bonfim. O mais conhecido templo de oração católica do estado da Bahia e que tem por vocação congregar diferentes cultos, credos e povos entorno de algo que está acima de toda e qualquer divergência: a Fé em Deus. Seja esse Deus representado por um homem barbudo, por uma força da natureza ou mesmo por um apanhado de explicações acadêmicas.
Ao longo desse percurso, não foram poucas as demonstrações de amor, fé e devoção que se apresentaram aos olhos do santo. Em uma época onde os episódios de intolerância religiosa são cada vez mais comuns, o santuário da Conceição da Praia foi palco de um ato inter-religioso.  Espíritas, católicos, candomblecistas, hinduístas. Todos em uníssono pediram por paz, respeito e a disseminação do sentimento de fraternidade entre os povos. "O povo brasileiro tem a vocação para semear a paz e causa admiração ver o respeito às minorias", disse o padre Jairo Jesus Menezes.  
O discurso proferido no adro da igreja ganhou força ao ser ecoada a "Oração a São Francisco", repetida pelos milhares de fiéis que àquela altura se organizavam para seguir em procissão. "Vou fazer de mim um instrumento de vossa paz", celebravam baianos e turistas.  
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Arisson Marinho/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO )
  • Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO ) Fiéis reverenciam Senhor do Bonfim em cortejo de 8km (Mauro Akin Nassor/CORREIO )

A saída do cortejo, o Senhor do Bonfim de imediato percebeu que não há fronteiras entre fé e festa naquele trajeto. Sagrado e profano se unem de tal maneira que é impossível separar onde começa um e termina o outro. Como canta Caetano Veloso em ritmo de marchinha, na Lavagem do Bonfim chove chuva, suor e cerveja. Além de arroz, milho branco, água de cheiro e sentimentos dos mais variados.
A cada passo dado uma emoção nova, uma batida diferente. Estímulos e informações surgem de toda parte e afloram todos os sentidos. A Lavagem é de arrepiar, mas também de suar, gritar, chorar, sorrir.
Em uma festa assim, nada mais natural que o povo extravase também as suas insatisfações. E também não foram poucos os aborrecimentos presenciados pelo dono da festa. O Senhor do Bonfim viu classes trabalhadoras protestando por melhores salários, manifestações políticas pró e contra o governo. Cada grupo, às vezes uma única pessoa, vestiu a sua camisa, empunhou a sua faixa e manifestou a sua opinião.
O Senhor do Bonfim viu ainda quem prefere não misturar as coisas. "Festa é festa e protesto é protesto", disse a sorridente Ângela Souza, 41 anos. A servidora pública frequenta a Lavagem há 19 anos e vem da Ilha de Itaparica só para curtir.
A diversidade de opiniões e gostos se faz presente também na trilha sonora ouvida ao longo do cortejo. A batida compassada e tão característica dos agogôs dos Filhos de Gandhy dividem espaços com as muitas fanfarras, que tocam desde sucessos da MPB a jingles consagrados da TV, passando por hits da música baiana.
Em meio a esse repertório variado, eis que emerge da avalanche de barulhos a mundialmente conhecida "Parabéns Para Você". Sim! O Senhor do Bonfim viu ainda um aniversariante na sua festa. O felizardo, o empresário e ex-prefeito da Ilha de Itaparica Claudio Neves, completou 61 anos, e há 45 sobe a Colina Sagrada na segunda quinta-feira do ano.
"Estou muito honrado e bastante agradecido de neste ano poder comemorar o meu aniversário ao lado de minha família e num festejo tão importante para o nosso estado. E esse ano a Lavagem ficou ainda mais especial por termo a imagem do Bonfim acompanhando o cortejo", disse emocionado o aniversariante.
Ajuda de Dulce
No Largo de Roma, já no trecho final rumo ao topo da Colina Sagrada, o Cristo se depara com uma homenagem das baianas a uma das suas fiéis escudeiras. Na porta das Obras Sociais Irmã Dulce, as responsáveis por lavar as escadarias param em frente à imagem do Anjo Bom da Bahia e pedem força para seguir a caminhada.
Já se aproxima do meio-dia e o Sol do verão baiano chega ao pino. "É uma tradição nossa parar aqui [na estátua de Irmã Dulce] para pedirmos força e proteção para seguir caminhando", disse Severina Ramos, 64 anos, que há 26 realiza a caminhada. A baiana contou ainda que Oxalá representa tudo para ela. "Ele é o pai dos orixás. É quem manda prender e soltar".
Voltando para casa
Percorridos os oito quilômetros, o Senhor do Bonfim se prepara para voltar ao seu altar. Seguido de perto por milhares de baianos e turistas, segundo dados da Polícia Militar, ele olha no rosto de cada um daqueles que foi até lá justamente para reverenciá-lo. A emoção transparece em cada olhar.
As baianas ajoelham na entrada no portão da Igreja que já está repleto de fitinhas que carregam em si muito mais do que três desejos. Cada tirinha de pano daquela tem uma história compartilhada apenas entre o dono da casa e quem deu os três nós.
As vassouras "virgens" também enfeitadas com fitas brancas, amarelas e verdes, que representam, respectivamente, Oxalá, Oxum e Oxossi, iniciam a lavagem do adro. A cada esfregada no pátio do santuário, é enxaguam-se também os corações e almas dos devotos.
A essa altura, o Senhor do Bonfim já observa tudo lá de dentro da Igreja e os olhos dos Santo parecem dizer o quanto é lindo esse povo que ele há tanto abençoa. Até a próxima segunda quinta-feira de janeiro.

publicidade

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

BAHIA NOTICIAS

http://www.bahianoticias.com.br/



EDSON PAIM NOTICIAS


http://edsonpaim.com.br/





SITE DA TV PORTAL DO PANTANAL, NO AR! (MEIO AMBIENTE NOTÍCIAS)

CLIQUE:

http://tvportaldopantanal.com.br/




Minha foto 


      
Clique no Link abaixo e acesse 

um ou mais dos 599 Blogs da 

Parceria: Fundação Portal do

Pantanal / Painel do Paim/FM 

América 100.9 Mhz

https://www.blogger.com/profile/048861602895692797

65

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Câmara de Anastácio é palco de formatura do CEI Irmã Dulce


A Administração Municipal de Anastácio entende que a educação só é bem sucedida quando o respeito se manifesta na relação com o outro. Aprender é uma necessidade vital de todo indivíduo, por isso, investimentos em políticas públicas para melhoria da qualidade da educação municipal é prioridade em Anastácio.


Ao longo de 2016 não foi diferente, os desafios foram constantes, além de alfabetizar a equipe da Secretaria Municipal de Educação tinha como desafio também zelar e ir além das salas de aula, envolver familiares e junto construir uma ponte saudável e produtiva, fazendo com que o rendimento escolar fosse além do esperado. E assim aconteceu!


Em todas as formaturas o ponto alto são os ‘pequeninos’ cantando o Hino Municipal: “nossa isso me deixa muito feliz! A certeza de que estamos diante de grandes cidadãos”, destacou o prefeito Douglas Figueiredo.

Em reta final do ano letivo 2016, desde terça-feira o prefeito Douglas tem participado das solenidades de formatura das pré-escolas. Na noite de ontem (24) ao lado da secretária municipal de Educação, Tânia Mara dos Santos, do vereador José Barbosa, da diretora Esterlita Mazui Maidana, diretores e técnicos da SEMED, os alunos foram recepcionados pelas autoridades e familiares que lotaram o plenário da Câmara Municipal de Anastácio para a entregar dos certificados aos 43 alunos da Escola Municipal Irmã Dulce.

“Vocês irão para uma nova escola, mas saibam que ficarão em meu coração. Vocês são especiais e tem um futuro brilhante. Continuem sendo esforçados e dedicados. Obrigada a toda equipe que ao longo dos seis anos esteve sempre junto comigo na Irmã Dulce. Obrigada equipe SEMED por todas as orientações e parcerias e, especialmente, obrigada prefeito Douglas pela confiança, pelos investimentos voltados à educação, que foram fundamentais para que nesta noite todos estivessem aqui desse ‘jeitinho’, felizes e bem preparados para continuarem os estudos”, agradeceu a diretora Esterlita.


A secretária Tânia reforçou sobre os investimentos na área da educação, salas climatizadas, construção e cobertura de quadras esportivas em escolas municipais e rurais, uniformes, merenda de qualidade e concluiu: “o melhor de todos esses investimentos foi sua parceria prefeito e dos nossos pais de alunos. Assim, conseguimos trabalhar sempre buscando mais e mais, qualificando desde nossas merendeiras e todas as professoras e auxiliares, foi um ano letivo de muita produtividade”.



Os pequenos formandos que não se continham dentro de suas becas, estavam muito alegres e os seus familiares emocionados. “Quando se faz com amor e respeitos sempre colherão bons frutos. E, aqui, estão estas sementinhas plantadas com ajuda de vocês, pais, que acompanharam na escola e incentivaram para que chegassem até a reta final. Parabéns a todos!”, concluiu o prefeito Douglas.